Home / Destinos e Viagens / Conheça as pontes de Veneza, Itália – Obras-Primas do Ocidente.

Conheça as pontes de Veneza, Itália – Obras-Primas do Ocidente.

Veneza Rialto

Veneza surgiu quando cidadãos de Vêneto, Itália, refugiaram-se da invasão dos bárbaros nas ilhas das lagunas do Mar Adriático e aos poucos foi crescendo e se desenvolvendo. A região do Veneto tem este nome devido aos povos anteriores ao domínio Romano que por aquela região ali viviam e não resistiram ao poderio militar de um dos maiores impérios conhecidos na história mundial.

Veneza cresceu tanto que por volta de 810 foi necessário aterrar áreas para aumentar o espaço destinado às construções. Foram aterros engenhosos que sustentam boa parte da cidade até hoje.  Ela é uma cidade encantadora!

Por sua localização geográfica e por ter sido construída sobre pequenas ilhas, as pontes são de fundamental importância para a locomoção. Mas, como já falamos antes,  a arquitetura é a arte de fazer o bem comum com beleza, as pontes de uma das mais lindas cidades do ocidente não poderiam deixar de ser obras primas. Vamos conhecer algumas delas?

As pontes de Veneza

Pequenas e grandes, muito antigas e mais modernas, pontes de todo tipo e tamanho você irá encontrar em Veneza. Lá as ruas são os canais por onde passam as embarcações ao invés dos nossos tradicionais automóveis. E sendo assim, Veneza é considerada a maior cidade de pedestres do mundo, pois todo a cidade não possui um só carro.

O Grand Canal, conhecido como Canalazzo, corta a cidade em forma de S invertido cortando o coração de Veneza e segue o antigo curso de um leito de rio. Pense nele como se fosse a via principal de uma grande cidade. É a região de maior fluxo e nele existem quatro pontes: a Ponte de Rialto, Ponte da Constituição (Ponte della Costituzione), Ponte dos Descalços (Ponte degli Scalzi) e a Ponte da Academia (Ponte dell’Accademia).

Algumas Pontes Menores, porém Charmosas

Além dessas maiores várias outras menores mais não menos charmosas formam a imagem única da cidade. São no total, algo em torno de 409 pontes existentes, dentre as quais escolhemos três que consideramos imperdíveis em Veneza. Vamos conhecer?

Vejamos algumas:

A Ponte Rialto

Veneza Ponte Rialto
Ponte Rialto, a mais antiga de Veneza.

A Ponte di Rialto, é a mais antiga das pontes de Veneza que cruzam o Grande Canal. Antes da sua construção em pedra, no século XVI, ela já existia em madeira inicialmente como uma ponte flutuante, construída por Nicolo Barattieri e tinha o nome de Ponte della Moneta (Ponte da Moeda), pelo fato de que ali perto cunhava-se a moeda que circulava por Veneza. Depois com o desenvolvimento do Mercado de Rialto (que existe até hoje) a área foi ficando cada vez mais movimentada e houve a necessidade de uma ponte mais resistente. A partir daí o comércio se intensificou e a ponte passou a ter o nome de Ponte de Rialto.

A cura do Madman
A cura do Madman c. 1496 – Vittore Carpaccio

No centro da ponte havia uma estrutura móvel para permitir que as embarcações mais altas passassem, como retratado em 1496 na tela do pintor veneziano Vittore Carpaccio , em exposição nos dias atuais na Galeria da Academia em Veneza. Percebemos também na pintura, como era intenso o movimento na região.

Essa estrutura foi parcialmente destruída em 1310 em uma revolta contra o governo Dodge liderada por Bajamonte Tiepolo e veio a ruir totalmente mais tarde, em 1444, com o peso das pessoas que se aglomeravam para ver a passagem da procissão dos convidados do casamento que foi sensação na época, entre Leonello d’Este, o Marquês de Ferrara com Maria de Aragão, a filha ilegítima do rei Afonso V de Nápoles. Após esse fato foi reconstruída em madeira mais uma vez até ruir novamente em 1524.

Naquela época, como agora, os casamentos famosos ainda acontecem em Veneza e continuam atraindo muitos espectadores que se aglomeram para ver as celebridades. Há pouco tempo houve outro casamento famoso em Veneza que culminou em outra procissão pelo grande canal onde as pontes (hoje bem mais resistentes, ainda bem!) serviram de camarote para muita gente. Não era pra menos, se estivesse lá também iria me embrenhar na multidão para dar uma olhadinha no lindo casal, o ator George Clooney, e a advogada britânica Amal Alamuddin.

TwitterClick to Tweet: Como aconteceu no passado, as pessoas usam as pontes de Veneza para observar a movimentação para um casamento de celebridade

Para a construção da nova Ponte Rialto em pedra foi realizado um concursos do qual participaram os grandes arquitetos da época como Palladio, Michelangelo e Sansovino. O concurso surpreendentemente não foi vencido por nenhum desses arquitetos de renome, tendo agradado mais o projeto simples de Antonio Da Ponte inspirado na antiga ponte de madeira. Apesar de simples, o projeto era inovador para a época onde as construções clássicas com o uso do arco perfeito eram predominantes. Nesse projeto há duas rampas unidas no centro, arcadas para lojas e uma escadaria para os pedestres. Localizada na parte mais estreita do Grande Canal, a ponte é formada por um único arco com 28 metros e 7,50 de altura na sua parte mais alta e a construção foi concluída em 1592.

Veneza Rialto Escadaria
Escadarias para atravessar para o outro lado do Grande Canal observe também as arcadas onde ficam as lojas que movimentam a ponte durante o dia.

Hoje em dia é uma das principais atrações da cidade com muitas lojas de souvenirs, cristais de Murano, as famosas máscaras, etc. O local sempre é muito cheio e mesmo que você não se interesse por essas compras, não pode deixar de ir pois a vista é magnífica e bastante frequentada fotógrafos e pintores.

A Ponte dos Suspiros

A ponte dos "Suspiros"
A ponte dos “Suspiros”

A Ponte dei Sospiri é uma das mais características de Veneza. Por Veneza tratar-se de uma cidade romântica por natureza, muitos acham que o nome da ponte é devido aos suspiros dos casais apaixonados quando passam sob ela nos passeios de Gôndolas. Ledo engano! A origem do nome é bem menos bonita, os suspiros eram de tristeza dos condenados que ao cruzá-la viam pelas janelinhas a cidade pela última vez, já que quem era condenado no Palácio dos Doges jamais saía com vida Ahhh que judiação! O nome ficou popular no século XIX quando o poeta Inglês Lord Byron, em seu poema “Childe Harold’s Pilgrimage” citou: “Eu estava em Veneza, na Ponte dos Suspiros; Um palácio e uma prisão em cada mão.”

A Ponte liga o Palácio Ducal com as Novas Prisões (Prigione Nuove) e atravessa o Rio di Palazzo. Foi construída por volta de 1600 pelo arquiteto Antonio Contino, sobrinho de Antonio da Ponte e que ajudou o tio na construção da Ponte de Rialto. Em estilo Barroco, a Ponte dei Sospiri foi construída em rocha calcária e é fechada por dois corredores, possui em suas fachadas frontões curvos decorados com volutas (ornamentos em forma de espiral) que remetem às ondulações do mar e possui bustos de pedra representando patriarcas. – Ficou confuso com estes termos? Podemos explicá-los todos aqui em Um Tour Arquitetônico por 5 mil anos de Design e Estilo. Esse artigo foi preparado para você entender os estilos de arquitetura em todo o mundo a qualquer momento!

Veneza, Itália
A romântica Veneza.
Terra de Marco Polo e berço de aventureiros. Bela desde sempre!

É linda! E mesmo os suspiros não sendo de amor, como tudo em Veneza, fica romântica. Reza a lenda que será concedido amor eterno aos amantes e felicidade aos casais que se beijarem sob a Ponte em uma gôndola, ao pôr do sol. Não custa nada tentar.

Ponte da Constituição

Pontes de Veneza - Constituição
Ponte da Constintuição de Santiago Calatrava

Muitos não sabem mas Veneza tem uma ponte inaugurada em 2008 e que se destaca das demais pelo uso de matérias modernos, completamente diferentes dos usados nas outras pontes. O projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava é polêmico e divide opiniões tanto pelo custo da obra, quanto aos problemas relacionados ao uso. Com 94 metros de extensão por 9 metros de largura, a ponte liga a estação ferroviária Santa Lucia e o terminal de ônibus Piazzale Roma, sendo a quarta ponte no Grande Canal.

Piso de vidro da polêmica ponte de Calatrava
Piso de vidro da polêmica ponte de Calatrava

O uso do aço e do vidro trouxe um ar contemporâneo ao projeto, mas também alguns problemas: a estrutura muito pesada e a instabilidade mecânica fez com que o projeto passasse por várias mudanças e seu custo inicial foi três vezes maior que o previsto. Além disso, o piso de vidro é outra queixa dos Venezianos que reclamam ser muito perigoso atravessar a ponte em dias chuvosos já que o piso fica escorregadio causando acidentes. A Ponte é considerada como tendo patologias crônicas e por isso vai custar muito mais em manutenções anuais do que o de costume, por conta disso tudo o arquiteto e os engenheiros Roberto Scibilia e Roberto Casarin foram citados no Tribunal de Contas por danos ao erário público.

Está gostando deste artigo?

Então venha ser um de nossos assinantes! Faça como tantos outros leitores de Viagem e arquitetura! Afinal uma viagem com boas dicas é sempre muito melhor, não é verdade? Deixe seu e-mail e faça parte deste grupo!

3d postman with envelope and bag

Precisa de Boas Dicas em sua Próxima viagem? Nós temos!



Veneza uma Cidade Romântica

Veneza Ponte Rialto Romântica
Uma cidade Romântica!

Como vimos as pontes de Veneza dão um encanto a mais a cidade e fazer o passeio de Gôndola pelos canais sob suas pontes ainda é o sonho de milhares de turistas que lotam a cidade o ano inteiro, talvez um pouco menos no inverno: Viajar no inverno vale a pena? 

Um fenômeno impressionante de Veneza é a Acqua Alta, que transforma todo o visual desta maravilha de lugar e onde as ponte têm um fator fundamental. Venha conhecer um pouco da Acqua Alta!

Não é nada difícil entender porque a cidade continua a inspirar os casais apaixonados e fotógrafos atentos para registrar belas imagens.

Você já foi em Veneza? Qual foi a sua experiência? Deixe seus comentários logo abaixo!

About Hyparrhenia Queiroz

Hyparrhenia é Arquiteta e apaixonada por viagens.

Check Also

alberobello

Alberobello, Itália. Um tesouro escondido que poucos conhecem!

Esta cidade da Itália, que poucos além dos próprios Italianos conhecem, é Patrimônio Mundial pela …

cancun-familia

O que fazer em Cancún: Dez coisas que você não pode perder!

Mesmo que você passe um mês em Cancún não faltarão atrações diferentes para você realizar …

bem-vindos-ao-nosso-canal

Seja muito bem vindo ao seu canal de Dicas de Viagem!

Olá viajantes! Nós temos o grande prazer de anunciar o início do nosso canal de …

Obrigado por ler nosso post! Você gostou? Qual a sua opinião sobre ele?